Testes de gravidez caseiros: eles são confiáveis?

0 186

Há mulheres que aguardam aflitamente a certificação de que de fato estão esperando um bebê, especificamente no momento em que já estão buscando conceber existe um bom tempo. Várias outras, no entanto, são pegas de abalo com a capacidade de estarem grávidas – às vezes visto que já abrange mais filhos ou, apenas, visto que não consideravam o hora ideal para a aparecimento de um novo afiliado na família.

Porém, altivamente de quais são os desejos e planos da família, é feito que a confusão sobre estar ou não estar grávida coloca qualquer mulher pra lá de ansiosa! Basta um dia de adiamento na catamênio ou qualquer sinal distinto para que mil ideias venham à cabeça!
Precisamente por causa disso, várias mulheres acabam recorrendo a testes de gestação caseiros a fim de acabar com suas dúvidas o mais acelerado possível.

Na internet inclusive é possível obter algumas receitas que prometem afirmar ou não a gestação. Evidente, não há nenhuma certificação científica e nem sequer garantia de eficiência, porém algumas indivíduos de fato acreditam que elas são capazes de auxiliar.

Abaixo você acareia quais são os testes de gestação caseiros mais conhecidos, bem como uma avaliação médica sobre deles e depoimentos de mulheres que já apostaram nessas receitas.

1. Teste de agitação da urina

A mulher precisa aferventar a urina em um jarra de alumínio e em seguida observar: se a urina aferventar similar ao leite – ela “sobe” e maneira forma uma “alta” –, o resultado é AFIRMATIVO. Se a agitação for similar à da água – não “acumular” e somente ficar borbulhando –, o resultado é CONTRAPRODUCENTE.

2. Teste da agulha

A mulher precisa urinar em um jarra e colocar uma agulha dentro dele. Em seguida, é preciso encerrar o jarra e acreditar por oito horas. Uma orientação para moderar a impaciência é realizar o teste antes de dormir e observar o resultado no dia posterior. Se a agulha desviar de coloração, o resultado é AFIRMATIVO.

3. Teste da água sanitária

A mulher precisa urinar em um jarra e acrescentar água sanitária. Se a urina desviar de coloração ou efervescer, o resultado é AFIRMATIVO. Caso contrário, o resultado é CONTRAPRODUCENTE.

4. Teste do cloro

A mulher precisa colocar a urina em um taça descartável e acrescentar cloro. Se ela ficar escura, o resultado é AFIRMATIVO. Se a combinação preservar a mesma coloração, provavelmente, o resultado é CONTRAPRODUCENTE.

5. Teste do óleo de pinheiro

A mulher precisa misturar a urina com o óleo primordial de pinheiro. Caso a combinação mude de coloração, o resultado é AFIRMATIVO.

Vale enfatizar que nenhum desses testes citados tem certificação científica. Várias mulheres confessam, até mesmo, que desconfiam dos resultados que as receitas caseiras são capazes de proporcionar, no entanto, em momentos de confusão e impaciência, algumas delas apostam nessas dicas como uma maneira de coarctar, no mínimo um tanto, suas aguardamento.

Alessandra Bedin, ginecologista do Clínica Israelita Albert Einstein, destaca que, na realidade, essas receitas caseiras são capazes de ser consideradas mais como “crenças populares” que como testes confiáveis. “Elas servem (bastante bem) para coarctar a impaciência, porém não conseguem ser consideradas confiáveis. Falsos positivos e falsos negativos são bastante frequentes”, reforça.
Depoimentos das mulheres sobre os testes de gestação caseiros

Veja também

Valéria F. Diehl, 28 anos, vendedora, conta que tirou um teste de gestação caseiro depois de oito dias de adiamento menstrual. “Ele apontou resultado afirmativo. Fiz mais 3 testes de farmácia e todos deram contraproducente; do mesmo jeito que o exame de sangue. Logo após, minha catamênio veio comum e tive a certificação de que de fato não aparecia grávida. Isto é, comigo o teste caseiro não deu certamente”, diz.

Jennifer Cristina Lopes, 23 anos, acadêmico, relata que tirou o teste da agulha. “Fiz necessidade antes de dormir em um potinho acessível com tampa e coloquei uma agulha dentro. No dia posterior meu necessidade aparecia escuro, o que representaria resultado afirmativo. Em seguida fiz o teste da agitação, que similarmente deu resultado afirmativo. Depois de realizar o exame de sangue, comprovei que aparecia grávida. Porém não sei se foi acaso ou se os testes caseiros são inclusive eficazes”, conta.

Katarina Davi, 30 anos, secretária, conta que similarmente já apostou em testes caseiros. “O primeiro que fiz deu resultado afirmativo. Já o de acordo com, deu contraproducente! Continuei na confusão… Porém, após mais alguns dias, fui no meu ginecologista e tive a certificação de que de fato aparecia grávida”, relata.

Testes de gestação de fato eficazes

Como os testes de gestação caseiros não oferecem nenhuma certificação quanto à sua eficiência, várias mulheres nem sequer acham a capacidade de fazê-los. Elas preferem apostar de imediato nos chamados testes de farmácia. Porém será que eles são de fato confiáveis?

A ginecologista Alessandra Bedin destaca que eles são confiáveis, efetivamente, especificamente se há adiamento menstrual. “Prefere-se a primeira urina da manhã, por ser mais concentrada. Porém alguns testes já conseguem identificar o hormônio da gestação inclusive na urina no decorrer do dia. Se a gestação também estiver bastante exordial, a receptividade do teste é menor que o de sangue, por isso, pode vir contraproducente e, na realidade, a mulher estar grávida. Por outro lado, se ele vem afirmativo, não há muita confusão, de fato é gestação”, diz.

Já o teste sanguíneo, explica a ginecologista, é capaz de anunciar a gestação até 12 dias após a fecundação, isto é, até 2 dias antes do adiamento menstrual. “Os de urina são mais confiáveis através do dia no qual a catamênio atrasou”, acrescenta.

Com todas essas informações, a orientação é: se você tiver um resultado afirmativo, seja adquirido com o teste de farmácia (que possui 99% de eficiência) ou até inclusive com o teste de gestação caseiro (que não possui eficiência comprovada), procure seu ginecologista que, certamente, irá exigir um exame de sangue realizado no laboratório. Confirmando a gestação, ele prescreverá todos os exames, acompanhará constantemente sua saúde e a do bebê e passará todas as informações necessárias para esse tempo.

You might also like More from author

Leave A Reply

Your email address will not be published.

%d bloggers like this: